Bolsa Família Suspenso ou Cancelado

O Programa Bolsa Família foi criado no ano de 2003 como uma medida provisória para atender famílias carentes, no mês de janeiro de 2004 o Programa Bolsa Família foi transformado em lei.

O Bolsa Família juntou uma série de benefícios às famílias carentes que antes eram separados como Bolsa Escola, Bolsa Alimentação, Auxilio Gás e Fome Zero, além desta união também o Cadastro Único passou por uma reformulação permitindo que todos os benefícios sejam unificados em uma Conta da Caixa e possa ser recebido com Cartão da Caixa em caixas eletrônicos, lotéricas e agência da caixa.

Apesar da crise econômica o Programa Federal Bolsa Família não vai acabar , mesmo em meio a cortes a lei que 10.836 institui o Bolsa Família e impede que ele seja simplesmente cancelado, para o cancelamento do Programa Bolsa Família é necessário uma votação em plenário e cancelamento desta lei.

O Programa Bolsa Família não é mais uma questão de partido político e já está incorporado como Programa do Estado, a lei determina também que parte das verbas arrecadadas pelo Governo Federal sejam destinadas ao Programa Bolsa Família, que deve ser mantido mesmo após a mudança de presidente.

Bolsa Família Suspenso ou Cancelado

Por que Famílias Estão Perdendo o Benefício do Bolsa Família? 

O Governo Federal com o objetivo de cortar gastos reduziu o valor do Bolsa Família e além disso buscou fazer uma checagem rigorosa para cortar o benefício de famílias que não se encaixam no perfil do Programa Bolsa Família, desta maneira muitas famílias caíram na malha fina do Programa Bolsa Família e perderam o benefício concedido pelo Governo Federal.

Um dos principais motivos para o cancelamento do Programa Bolsa Família é a idade dos beneficiários, como o programa integra outros programas de assistência a famílias carentes as crianças em idade escolar que não etão frequentando o colégio também terão o benefício suspenso.

O Bolsa Família é concedido através do Número de Identificação Social (NIS) , o número do NIS é concedido para famílias carentes com cidadão desempregados, quado o titular do Bolsa Família encontra-se empregado o número do NIS é imediatamente substituído pelo PIS ou PASEP e consequentemente o Bolsa Família é suspenso.

O Programa do Governo Federal deve funcionar de maneira automática, na medida que um dos beneficiários não se enquadra em um dos programas unificados do Bolsa Família pode perder o direito mas deve se enquadrar em outro programa, como é o caso de maiores de 16 anos que tem direito a receber uma quantia em conta independente da caixa desde que esteja matriculado em uma escola de curso profissionalizante ou nível médio.

Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) e Perfil do Bolsa Família

Os beneficiários do Programa Bolsa Família que perderam o direito ao auxílio devem procurar um Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) próximo de sua residência, deve levar até o CRAS todos os documentos dos beneficiários do Bolsa Família bem como o Cartão da Caixa com o Número do NIS .

Os Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) foi criado para auxiliar famílias carentes no recebimento do Bolsa Família, no CRAS é possível esclarecer dúvidas sobre o Bolsa Família e inscrever-se para o recebimento de outro benefício que integra o Programa Federal Bolsa Família.

No CRAS também é possível fazer  a inscrição do jovem de 16 anos para recebimento do benefício, com o número do NIS para recebimento em conta independente.

Veja os Perfis do Bolsa Família:

Famílias com renda por pessoa de R$89,00 mensais;

Famílias com renda por pessoa de R$178,00 mensais, desde que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos de idade;

É considerado motivo de justificativa de falta: Crianças que faltam a escola por conta de doença grave, problemas físicos, psicológicos ou gravidez, pós-parto e TPM.

Add Comment